PIRACICABA, SÁBADO, 4 DE ABRIL DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

20 DE MARÇO DE 2020

Isac Souza comenta epidemia do coronavírus


Parlamentar discutiu moção de apelo 44/2020



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Ele se disse preocupado com os reflexos no comércio






"A prevenção pode determinar que a curva no aumento dos casos seja suave e, quem sabe, com a graça de Deus, a gente consiga passar sem percalços", disse o vereador Isac Souza (PTB), ao ocupar a tribuna da Câmara, na 13ª reunião ordinária, nesta quinta-feira (19). As considerações foram apresentadas enquanto o vereador discutia a moção de apelo 44/2020, do vereador (também médico) Paulo Serra (CID), que recomendou ao Executivo ações para reduzir a circulação de pessoas nas repartições públicas, como prevenção ao coronavírus (Covid-19).

Isac parabenizou a Câmara pelas ações para restringir o acesso das pessoas aos gabinetes. Na opinião do vereador, as medidas foram bem aceitas pelos servidores. Ele defendeu ainda que as iniciativas sejam progressivas.

Sobre a epidemia do coronavírus e seus possíveis impactos, Isac se disse preocupado com os reflexos no comércio. "Quando a situação se estabilizar, que o cidadão possa comprar coisas da nossa cidade. Sabemos da concorrência forte com a internet, porém, que haja consciência das pessoas. O pequeno empresário não tem de onde tirar, diferente das grandes redes", avaliou.

Outro impacto é o social, especialmente pelo índice de idosos no país. Neste caso, Isac defendeu o trabalho em convencê-los a não saírem de suas residências, como também fez um alerta geral à população como um todo, para que não faça grandes deslocamentos no período de isolamento social. "Não é a melhor saída, pelo contrário a gente pode estar levando ou pegando o vírus de outros lugares", disse.

Para Isac, o fato de estar em casa não quer dizer que se eliminará o contato com o outro. "Vamos usar ferramentas de comunicação para enxergar as pessoas, ouvir, para não ficar em uma neurose. É necessário, sim, se comunicar entre todos", afirmou.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: LegislativoIsac Souza

Notícias relacionadas