PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 9 DE JULHO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

15 DE ABRIL DE 2020

Gilmar Rotta defende manutenção de salário a professores substitutos


Em ofício ao prefeito Barjas Negri, vereador, que foi procurado por educadores, pede que não sejam suspensos os pagamentos durante crise provocada pelo novo coronavírus.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução


Após reunião com professores substitutos da rede municipal de ensino, o vereador Gilmar Rotta (CID) está pedindo, em ofício ao prefeito Barjas Negri (PSDB), que seja mantido o pagamento de salário a esses profissionais durante a crise provocada pelo novo coronavírus —as aulas na rede estão suspensas desde 23 de março como forma de garantir a segurança dos alunos.

No ofício, Gilmar Rotta expressa preocupação com o fato de, ao contrário dos professores efetivos, não ser previsto o pagamento de salário aos substitutos nesse tempo. "Os professores substitutos da rede municipal de ensino, que prestam serviços à Secretaria Municipal de Educação, por um período de um ano, renovado se necessário for, foram comunicados de que, durante os meses em que não haverá aulas, eles ficarão sem receber seus salários", cita o vereador, no documento.

Aproximadamente 150 profissionais serão atingidos se a suspensão do pagamento for mantida. "Os professores substitutos foram pegos de surpresa. Eles necessitam desse salário para poderem pagar suas contas, comprar alimentos. E muitos deles estão com crianças pequenas, que necessitam de um cuidado maior", conta Gilmar Rotta, acrescentando que a situação tem deixado os educadores "nervosos e preocupados".

O vereador destaca que o prefeito tem sido sensível no diálogo com todos os setores da sociedade neste momento de crise: "Sabemos que o Executivo tem se solidarizado com todas as situações que estão aparecendo. Todos fomos pegos de surpresa e esforços estão sendo feitos pela administração municipal para que essa epidemia possa ser controlada. O Executivo vem tomando as atitudes necessárias e corretas para cuidar dos munícipes".

Gilmar Rotta finaliza o ofício reforçando o pedido a Barjas Negri. "Solicito que faça gestões junto às secretarias municipais competentes para que seja mantido o pagamento dos salários dos professores substitutos da rede municipal de ensino durante todo o tempo em que as aulas estejam suspensas, garantindo assim a vida e o sustento desses profissionais que se dedicam para a educação dos nossos filhos."



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918


Educação Gilmar Rotta

Notícias relacionadas