PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

11 DE JUNHO DE 2019

Decisões do governo federal estimulam organização de “greve geral”


Penéloti Chirelli Mendes, presidente do PT Piracicaba, ocupou a tribuna popular na noite desta segunda-feira (10)



EM PIRACICABA (SP)  

Salvar imagem em alta resolução

Penéloti Mendes justificou a greve geral a partir de ações do governo federal






Algumas das principais decisões do governo federal, vistas por movimentos sociais como “retrocessos”, motivam e estimulam a organização de um movimento de “greve geral” para ocorrer, em todo o País, nesta sexta-feira (14). Na 35ª reunião ordinária, na noite desta segunda-feira (10), a presidente do PT Piracicaba, Penéloti Chirelli Mendes, detalhou as ações que unificaram a pauta da oposição. 

“Em pouco mais de seis meses do novo governo, pior que paralisado, o País está retroagindo, andando para trás. São construídos alguns factoides, que não têm como ser chamado de ação política, com o objetivo de desviar a atenção sobre os principais problemas, como a perda de direitos sociais e a redução da renda dos mais pobres”, destacou Penéloti. 

Ela citou a flexibilização das regras para porte de armas de fogo, a liberação do uso de agrotóxico nunca vista no País – “o Ministério da Agricultura validou, de janeiro a 14 de maio, 169 registros”, informou –, a tentativa de relaxar as punições aos infratores de trânsito, como o fim da obrigatoriedade do uso da cadeirinha para bebês, estímulo à caça dos animais silvestres, o sucateamento da educação superior, a redução do poder de compra dos assalariados, com o fim do reajuste real do salário mínimo, e a insistência na aprovação da reforma da Previdência, “que traz em seu bojo a maior injustiça social da nossa democracia”, afirmou. 

Penéloti enfatizou que a esperança no País só será retomada com a volta do crescimento econômico, a partir da geração de empregos e investimentos. “Antigamente, a gente ouvia falar do tal ‘risco Brasil’, agora, ninguém fala mais nada”, ironizou. “E não é privatizando tudo que iremos crescer”, disse. 

Por conta desta conjuntura imposta pelo atual governo federal, a presidente do PT Piracicaba conclamou a população a ir às ruas nesta sexta-feira (14), com o objetivo de pressionar mudanças na postura do presidente e dos ministros.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara
Edição de TV:  Comunicação


Tópicos: Tribuna Popular

Notícias relacionadas