PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 8 DE JULHO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE MARÇO DE 2020

Comandante detalha funcionamento do 10º Baep a vereadores


Em três meses de operação, batalhão especial da PM prendeu 97 pessoas, fez 52 flagrantes, recapturou 59 infratores e apreendeu 20 armas e 73 quilos de drogas.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Visão geral do plenário "Francisco Antonio Coelho" na noite desta quinta-feira






Números dos primeiros três meses de atuação do 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) foram apresentados pelo tenente-coronel Fernando Aparecido de Souza durante a 11ª reunião ordinária, nesta quinta-feira (12). O grupamento, que abrange 52 municípios, foi instalado em Piracicaba em 19 de dezembro do ano passado.

Desde então, o batalhão prendeu 97 pessoas, fez 52 flagrantes, recapturou 59 infratores e apreendeu 20 armas e 73 quilos de drogas. Também atuou em uma operação conjunta com o Ministério Público para a apreensão de envolvidos no crime organizado.

Souza explicou que as ações do Baep dividem-se em especiais ––tais como reintegração de posse, escolta de alta periculosidade e resposta a assaltos a carros-fortes–– e suplementares, no apoio a áreas, dentro do CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior), onde as estatísticas estejam apontando maior incidência de crimes.

Vereadores tiraram dúvidas e fizeram comentários sobre a instalação do batalhão em Piracicaba. Além de Laércio Trevisan Jr. (PL), autor do requerimento que permitiu reservar parte da reunião ordinária para a participação de Souza, também se manifestaram Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (CID), Osvaldo Schiavolin, o Tozão (PSDB), Carlos Gomes da Silva, o Capitão Gomes (PP), Wagner Oliveira, o Wagnão (PHS), André Bandeira (PSDB), Ary Pedroso Jr. (SD), José Aparecido Longatto (PSDB) e Lair Braga (SD).

Na sequência da reunião ordinária, o plenário aprovou, em segunda discussão, quatro projetos de lei e, em discussão única, três projetos de decreto legislativo, três moções e onze requerimentos, sendo um em regime de urgência.

Com a participação de um orador, a Tribuna Popular abordou a composição do conselho que fiscaliza a aplicação, no município, de recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). O expediente da sessão também foi suspenso para a fala de representante do sindicato dos jornalistas sobre Medida Provisória do governo federal que extingue o registro da profissão.

O presidente da Câmara, Gilmar Rotta (MDB), convocou para a próxima segunda-feira (16) duas sessões extras a serem realizadas ao término da 12ª reunião ordinária.

A transmissão dos trabalhos em plenário pode ser acompanhada a partir das 19h30 pela TV Câmara (que conta com tradução simultânea em Libras) nos canais 4 da Claro/Net, 9 da Vivo Fibra e 60.4 em sinal digital, pelo site www.camarapiracicaba.sp.gov.br/tv, por meio dos canais oficiais do Legislativo no Facebook e no Youtube e pela rádio Câmara Web. A transmissão pela rádio Educativa FM tem início às 20h.

A população também pode assistir à reunião ordinária na galeria do plenário "Francisco Antonio Coelho". A entrada é por ordem de chegada, sendo necessário se apresentar na recepção do prédio principal da Câmara (rua Alferes José Caetano, 834, no Centro, com entrada acessível). A galeria conta com espaço reservado para cadeirantes.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Reunião Ordinária

Notícias relacionadas