PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 8 DE JULHO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

17 DE FEVEREIRO DE 2020

Câmara manifesta pesar pela morte do ex-vereador Antonio Gonçalves


Chuto, como era conhecido, morreu em Rio das Pedras, aos 74 anos.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Chuto exerceu mandato na Câmara entre 1997 e 2000



Morreu neste domingo, aos 74 anos, Antonio Luiz Gonçalves, o Chuto. Ele foi vereador na Câmara de Piracicaba entre 1997 e 2000, após se eleger pelo PDT, em 1996, com 1.932 votos.

Em seu mandato, apresentou 103 proposituras, sendo 38 moções, 23 requerimentos, 19 projetos de lei, 16 indicações, cinco projetos de decreto legislativo e dois projetos de lei complementar.

Nascido em Piracicaba, em 9 de junho de 1945, Antonio Luiz tinha o ensino fundamental incompleto e era empresário. Entre julho de 1964 e julho de 1965, serviu, pelo Exército Brasileiro, ao Batalhão da Guarda Presidencial.

Viúvo de Matilde Barbosa Gonçalves, deixa a filha, Luciana Gonçalves Borsato, casada com João Edson Borsato, e netos.

Antonio Luiz morreu em Rio das Pedras (SP) e teve o corpo sepultado no Cemitério da Saudade, em Piracicaba, nesta segunda-feira (17).

A Mesa Diretora da Câmara, por meio do presidente Gilmar Rotta (MDB), manifesta pesar pela morte de Antonio Luiz e presta condolências aos familiares.



Legislativo

Notícias relacionadas