PIRACICABA, SÁBADO, 4 DE ABRIL DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

20 DE MARÇO DE 2020

Ao Primeiro Tempo, Pedro Kawai comenta coronavírus e dengue


Ele citou ato de prevenção à infecção e à propagação do Covid-19 e ainda projeto de lei complementar de sua autoria, de combate à dengue



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Vereador concedeu entrevista ao programa Primeiro Tempo






As medidas implantadas pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, de prevenção à infecção e à propagação do coronavírus (Covid-19), foram comentadas pelo vereador Pedro Kawai (PSDB), que também é o vice-presidente da Casa de Leis. Ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo pela TV Câmara, o parlamentar destacou ainda o projeto de lei complementar 3/2020, de sua autoria, que estabelece novas normas para colocação de vasos de flores, floreiras e similares nos cemitérios da cidade.

"É um momento conturbado não só para a saúde pública, mas também para a economia e educação. É o momento de o povo brasileiro se unir e cada um fazer o seu papel, se entregar de corpo e alma, para que não aconteça como na Itália e outros países", recomendou Kawai.

Sobre o ato da Mesa Diretora, Kawai lembrou que as decisões foram muito bem pensadas, levando em conta que a Câmara possui alto fluxo de público. "O Executivo precisa, e muito, das deliberações que essa Casa faz", explicou ele. "Não podemos, da noite para o dia, cancelar os trabalhos e parar uma cidade por conta de todos os problemas. Estamos fazendo de uma maneira gradativa e, ao mesmo tempo, protegendo a população que precisa usar a Casa e os nossos servidores", completou, ao apresentar as principais mudanças.

Como forma de contar o avanço da dengue na cidade, que no ano passado contabilizou 4020 casos, tramita na Câmara desde 2 de março o projeto de lei complementar 3/2020. Neste caso, lembrou Kawai, o texto foi apresentado porque a dengue também é uma doença que mata e se propaga rapidamente. "É para ajudar a fiscalização do município a coibir a venda de vasos com saquinhos plásticos, que acumulam água no cemitério", informou.

Kawai disse que a prefeitura recolheu, somente em 2019, quase 300 toneladas de produtos inservíveis na cidade.

Ainda no programa, foi lida a íntegra do decreto 18.225/2020, publicado pelo prefeito Barjas Negri (PSDB) na tarde de ontem (19) e que determina ações para enfrentamento do coronavírus na cidade.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: LegislativoPedro Kawai

Notícias relacionadas