PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

01 DE DEZEMBRO DE 2017

Sindicalista defende discussão sobre carreira de professores


Fausto Rocha ocupou a tribuna popular da Câmara de Vereadores de Piracicaba na noite desta quinta-feira (30)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Fausto Rocha ocupou a tribuna popular da Câmara de Vereadores de Piracicaba




Ex-vereador e atual diretor do Sindicato dos Municipais de Piracicaba, Fausto Rocha defendeu o processo de discussão do Plano de Carreiras dos Professores da Rede Pública Municipal. Ele ocupou a tribuna da Câmara na noite desta quinta-feira (30), durante a 70ª reunião ordinária. 

“Não dá para admitir que o processo não foi democrático. O sindicato teve todo o cuidado de fazer todo o processo mais transparente possível”, destacou, ao esclarecer sobre como funcionou o período de definição dos representantes que discutiriam o plano junto ao poder público. 

Ele explicou que a entidade que representa os servidores públicos municipais encaminhou convite para as 130 escolas da rede e realizou uma assembléia onde foram indicados os representantes das unidades de ensino e também de movimentos sociais envolvidos na causa. 

“Algumas escolas indicaram nomes e outras não quiseram participar do processo. A comissão, que deveria ser chamada com freqüência para conversar sobre o assunto, é a que discutiu o Plano de Carreira. Quem vai discutir a perda salarial é o Sindicato dos Municipais”, disse. 

Fausto destacou que não concorda com o projeto de lei complementar 17/2017, em trâmite na Câmara. “Não vamos admitir que esse plano passe deste jeito. Os professores vão perder quase R$ 6 mil ao longo de quatro anos”, enfatizou, ao defender a atuação do Sindicato dos Municipais. 



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: Tribuna Popular

Notícias relacionadas