PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 20 DE FEVEREIRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

01 DE NOVEMBRO DE 2017

Proposta de app para acesso a serviços públicos é levada ao Executivo


Vereador Isac Souza sugere a criação de aplicativo de celular que permita o acesso dos cidadãos a serviços como a Central 156, o Procon e a consulta de protocolos.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Lucas do Nascimento Machado (estagiário) Salvar imagem em alta resolução

Isac Souza propôs a criação de aplicativo de celular para acesso a serviços públicos da Prefeitura


A ideia de smartphone nunca foi apenas a de um aparelho para simples comunicação, seja por meio de mensagem, voz ou internet, mas também a de um terminal que permitisse o acesso, de qualquer lugar, a um sem-número de facilidades —desde pagamento de contas até pedidos em redes de fast food.

Diante da projeção de que, ao final deste ano, o Brasil alcançará a marca de um smartphone por habitante, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, o vereador Isac Souza (PTB) apresentou na Câmara a indicação 3.389/2017, em que propõe ao governo Barjas Negri (PSDB) a criação de um aplicativo de celular que concentre o acesso a serviços públicos.

Ele cita o exemplo da experiência bem sucedida da Prefeitura com o Ônibus+, lançado em maio deste ano. O aplicativo exibe rotas e horários do transporte coletivo de Piracicaba. "As pessoas com que eu tenho conversado e que utilizam o Ônibus+ estão gostando muito. Sempre é possível melhorar, mas o aplicativo já está ajudando muitas pessoas a se organizar no transporte público no dia a dia", apontou.

Para Isac, as demandas mais corriqueiras e alvos de cobranças da população —como o corte de mato e a realização da operação tapa-buracos— poderiam ser solicitadas pelo aplicativo. A ferramenta, além de facilitar a comunicação, daria ao usuário a possibilidade de anexar fotos e vídeos, que seriam registrados e enviados diretamente ao Executivo.

O parlamentar sugere que, de início, o aplicativo permita o acesso aos serviços do Procon e da Central 156 —principal meio de comunicação, hoje, entre a Prefeitura e a população—, à consulta de protocolos, ao calendário de eventos da cidade e às vagas de emprego divulgadas pela Secretaria Municipal do Trabalho e Renda.

A ideia do vereador é de que, conforme haja aceitação e adesão da população à ferramenta, o número de facilidades oferecidas pelo aplicativo aumente. "Não é necessário colocar todas as possibilidades de uma vez, mas pegar um pouco das principais secretarias e demandas e acrescentar no serviço. Isso poderia ser feito por etapas, para que o aplicativo se robustecesse", falou.

De acordo com Isac, a iniciativa de propor ao Executivo a criação do aplicativo surgiu da percepção de que parte das pessoas procura o Legislativo para cobrar a realização de serviços da Prefeitura ou ter acesso a informações de utilidade pública.

"Essas ações possuem um acesso direto pelo Executivo e não necessitam passar pelo Legislativo, que também tem essa função de assessoria, mas sobretudo nas situações mais difíceis, quando não há resposta da Prefeitura ou quando não há um entendimento claro de ambas as partes", comentou.

Paulo Nunes, proprietário de uma loja de informática, classificou a ideia proposta por Isac de "muito boa". "Qualquer coisa que não faça a pessoa se deslocar até determinado local é mais fácil." Dentre os serviços usados por Nunes via aplicativos, estão os dos bancos, do Detran-SP —para consultas— e do Portal do Cidadão, do Governo de São Paulo. "Se tiver um aplicativo que não exija a presença física, eu prefiro", completou.



Texto:  Lucas Lima


Tópicos: LegislativoIsac Souza

Notícias relacionadas