PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

19 DE DEZEMBRO DE 2017

Gilmar Rotta confirma recursos de R$ 100 mil para saúde


Verba do governo federal foi conquistada a partir do contato do vereador com deputados estadual e federal



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Gilmar Rotta tem atuado na busca por mais recursos para a saúde


O vereador Gilmar Rotta (PMDB) confirmou nesta terça-feira (19) um novo reforço de recursos para a saúde do município de Piracicaba. Serão destinados à Secretaria Municipal de Saúde, para custeio de demandas, R$ 100 mil do orçamento federal.

A informação foi confirmada pelos gabinetes dos deputados Jorge Caruso (estadual) e Baleia Rossi (federal), ambos do mesmo partido de Gilmar Rotta, com quem o vereador reuniu-se em novembro solicitando apoio.

O trabalho de Rotta pela busca de recursos para a saúde de Piracicaba é constante. Em outubro, quando veio à Câmara de Vereadores falar sobre a dívida do município com os hospitais Santa Casa de Misericórdia e Fornecedores e Cana, o próprio prefeito Barjas Negri (PSDB) pediu ajuda para a intermediação. 

“Naquele momento, o prefeito apelou que todos os vereadores procurassem os deputados de seus partidos requerendo recursos de emendas parlamentares e reiteramos nossos pedidos”, disse Rotta. 

O recurso, segundo o vereador, deve estar na conta do município ainda esta semana, à disposição do secretário municipal de saúde, Pedro Mello, para destinação conforme as prioridades da secretaria. 

A iniciativa soma-se aos esforços de outros vereadores e da Mesa Diretora da Casa de Leis que, também em novembro, anunciou a devolução de R$ 1,5 milhão para minimizar a dívida do município com os hospitais credenciados para o entendimento via Sistema Único de Saúde (SUS). 

Para 2018, a Câmara deixará de receber R$ 9.962.700,00 milhões do repasse a que tem direito pela Prefeitura, sendo que pouco mais da metade deste valor, R$ 5 milhões, será realocado para a Saúde, conforme explicou o secretário municipal de Finanças, José Admir de Moraes Leite, na audiência pública da LOA (Lei Orçamentária Anual).



Texto:  Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337


Tópicos: SaúdeGilmar Rotta

Notícias relacionadas