PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 14 DE DEZEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

27 DE NOVEMBRO DE 2017

Frente irá verificar Pactuação da Gestão Compartilhada via SUS


Colegiado teve a primeira reunião, na tarde desta segunda-feira (27), com representantes de cidades da região



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Encontro da Frente Pró-Saúde aconteceu na Sala de Reuniões Anexa à Presidência

Encontro da Frente Pró-Saúde aconteceu na Sala de Reuniões Anexa à Presidência
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Encontro da Frente Pró-Saúde aconteceu na Sala de Reuniões Anexa à Presidência

Encontro da Frente Pró-Saúde aconteceu na Sala de Reuniões Anexa à Presidência
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Encontro da Frente Pró-Saúde aconteceu na Sala de Reuniões Anexa à Presidência

Encontro da Frente Pró-Saúde aconteceu na Sala de Reuniões Anexa à Presidência
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Encontro da Frente Pró-Saúde aconteceu na Sala de Reuniões Anexa à Presidência



A Frente Parlamentar Regional Pró-Saúde irá verificar a Pactuação da Gestão Compartilhada a partir do SUS (Sistema Único de Saúde). A decisão é resultado do encontro, na tarde desta segunda-feira (27), na Sala de Reuniões Anexa à Presidência da Câmara de Vereadores de Piracicaba, quando o colegiado recebeu, pela primeira vez, vereadores de outras cidades. Participaram representantes de São Pedro, Rio das Pedras, Saltinho, Rafard e Mombuca. 

“Acho importante tentar entender quanto custa um procedimento na região e na cidade, tentar saber o que vem para cá e o que vai para lá”, avalia o vereador Laércio Trevisan Jr. (PR), um dos noves parlamentares de Piracicaba que integra o colegiado. “A gente precisa conhecer melhor o sistema de saúde para tentar ver um novo modelo”, sugere. 

Ficou determinada a criação de um modelo de requerimento para ser utilizado por todos os vereadores ligados à Frente Pró-Saúde na região. Com isso, cada parlamentar deverá questionar as prefeituras para obter dados de atendimento na cidade, assim como informações sobre repasses dentro da Pactuação. 

“Para nós, é um momento muito importante, porque a gente vê o fortalecimento, a cada dia, e, assim, vamos angariando mais espaço na Frente”, disse Wagner Oliveira, o Wagnão (PHS). Ele destacou, ainda, o interesse dos integrantes em agendar uma reunião com o novo diretor do DRS-X, Hamilton Bonilha, empossado na semana passada. 

O órgão da Secretaria de Estado da Saúde é responsável pela administração do atendimento na região. “Esse encontro será muito importante para entendermos melhor o funcionamento da gestão e, com isso, com certeza quem ganha é a população das cidades que estão representadas na Frente”, disse Wagnão. 

Iniciativa da Câmara de Vereadores de Piracicaba, a criação da Frente Pró-Saúde foi bastante elogiada por parlamentares das cidades vizinhas, que destacaram o trabalho conjunto como o caminho para pressionar as instancias superiores, desde prefeituras até a Presidência da República, passando pelo Estado. 

“Eu acho excelente essa proposta, pelo fato de unir forças para tentar resolver, pelo menos em parte, a questão da saúde na região e das vagas hospitalares”, diz Giuliano Antonelli, vereador em São Pedro e médico há 16 anos. “A gente percebe que a saúde enfrenta um problema nacional que passa por Piracicaba e também pelas cidades vizinhas”, acrescentou. 

Ângela Maria Barbosa, presidente da Câmara Municipal de Rafard, demonstrou entusiasmo por conta da criação da Frente Pró-Saúde. “Se a gente conseguir reunir todos os municípios, todos juntos, falando a mesma língua, podemos ser pequenos, como vereadores, mas juntos somos grandes e fortes”, destacou. Técnica de enfermagem, se aflige com os desafios do setor. 

“Na minha cidade, a grande dificuldade da gente está em marcar os exames e cirurgias. A nossa referência é a Santa Casa de Capivari, mas às vezes encontramos dificuldades, por isso estou interessada em saber sobre a quantidade da quota que temos (na Pactuação da Gestão do SUS)”, disse Ângela. 

O vereador Leandro Penatti, de Rio das Pedras, considera a proposta da Frente Pró-Saúde muito positiva. “É importantíssimo para todos os municípios que vieram nesta reunião saber o que está acontecendo em todas as cidades e, assim, a gente pode batalhar por essas melhorias, cobrar secretários, prefeitos, deputados, para que as cidades tenham melhores atendimentos”, disse. 

Ele destaca que o problema da cidade também é a falta de vagas nos hospitais, sobretudo para cirurgias de alta complexidade. “A gente veio aqui para entender melhor e lutar por isso”, destacou o parlamentar.

Para o vereador Amarildo Firmino, da cidade de Saltinho, a Frente Pró-Saúde preenche um espaço de atuação. “Nós, municípios pequenos, ressentimos muito de não ter apoio político e, agora, vamos poder falar dos nossos problemas, compartilhar os desafios, porque é na Câmara que os vereadores são cobrados e recebem a cobrança por mais vaga e atendimento médico”, disse.

No início da reunião, o vereador Pedro Kawai (PSDB) relatou que a Frente foi motivada pela necessidade de aumento do teto do repasse federal na saúde em Piracicaba. “Conquistamos parte deste reajuste (R$ 9.579.760,00, já autorizados), mas estamos articulando para buscar outros R$ 8 milhões”, informou. 

Gilmar Rotta (PMDB) destacou a necessidade de adesão das cidades da região para fortalecer a atuação da Frente na busca por mais recursos. “Já fizemos um requerimento em conjunto, mas é importante que as informações que a gente busque aqui, também seja obtida nos outros municípios”, destacou.

Também representando Piracicaba, participaram os vereadores André Bandeira, Osvaldo Schiavolin, o Tozão, e representantes da Coronel Adriana e Ronaldo Moschini; de São Pedro, estiveram Elias Candeias, Joyce Siloto e Roberson Oliveira; de Rio das Pedras, Edson Marconato; de Rafard, Fábio Santos; de Mombuca, Mauro da Costa; e de Saltinho, Luiz Lopes.

A Frente Regional Pró-Saúde também é formada pelo vereador Lair Braga (SD).



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: SaúdeAndré BandeiraLaércio Trevisan JrRonaldo MoschiniGilmar RottaPedro KawaiAdriana NunesLair BragaOsvaldo SchiavolinWagner Oliveira

Notícias relacionadas