PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

10 DE NOVEMBRO DE 2017

Coronel Adriana homenageará o sargento Renan Leandro Paes


Requerimento 741/2017 foi aprovado durante a 65a reunião ordinária, na noite de quinta-feira (9)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Coronel Adriana é autora do requerimento 741/2017


A vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS), homenageará com voto de congratulações o piracicabano Renan Leandro Paes, 3 Sargento das Armas do Exército Brasileiro. O requerimento 741/2017 foi aprovado na 65ª reunião ordinária, na noite desta sexta-feira (9). 

Filho de Sérgio Aparecido Paes e Lazara Marta Furtuoso Paes, o Renan Paes despertou para a carreira militar a partir devido à freqüência ao Tiro de Guerra 02-28 em 2008, quando concluiu o Curso de Formação de Cabos na segunda colocação. 

Por dois anos trabalhou em empresas privadas e, em 2010, prestou o concurso para a Escola de Sargentos das Armas, quando iniciou a carreira militar, em 2011, e realizou período básico do Curso de Formação de Sargentos das Armas (CFS) no 51º Batalhão de Infantaria de Selva, Altamira (PA).

Desde então, tornou-se especialista no Exército Brasileiro ao freqüentar diversos cursos, como o de infantaria na Escola de Sargentos das Armas em Três Corações (MG); estágio básico de selva no 51º Batalhão de Infantaria de Selva, também em Altamira; estágio de corpo de tropa no 62º Batalhão de Infantaria, em Joinville (SC); estágio de segurança e proteção de autoridades e dignitários do 2º Batalhão de Polícia do Exército, em Osasco (SP), entre outras capacitações.

No cumprimento de missões, Renan atuou como adjunto de Pelotão, comandante de Grupo, motociclista militar, auxiliar de tiro e instrutor do mini-estágio de motociclista de combate. 

Atualmente está na 3° CIA de Fuzileiros Leve, onde atua como comandante de Grupo de reconhecimento e motociclistas e, em razão disso, trabalhou na Operação Copa do Mundo, onde fez mais de 50 escoltas motorizadas de pessoal e produtos, foi comandante de grupo de fuzileiros na Companhia Reserva da Operação São Francisco no Complexo de Favelas da Maré (RJ), além de quatro eventos de segurança presidencial dirigidas pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI). 

“As atividades rotineiras do Sargento Paes de supervisão, coordenação, controle de pessoal, planejamento e execução de operações reais e simuladas demonstram exímia habilidade em gerenciamento de crises e gestão de pessoal”, aponta a vereadora Coronel Adriana (PPS). 

Renan deixará o Exército Brasileiro e se integrará à Polícia Militar do Estado de São Paulo, depois de ter sido um dos dois mil aprovados num universo de 137 mil inscritos, classificando-se em 167º lugar, e após ter passado por intensa bateria de exames, físicos, de saúde, psicológicos, avaliação da conduta social, da reputação e idoneidade, que duraram 10 meses.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337


Tópicos: LegislativoAdriana Nunes

Notícias relacionadas