PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE DEZEMBRO DE 2017

Câmara parabeniza Mathilde Neder por relevantes serviços à psicologia


Homenagem foi concedida pelo vereador Ary Pedroso Jr. em ato solene na noite desta quinta-feira (7)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (5 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (6 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (7 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (8 de 8) Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Câmara parabeniza Mathilde Neder por elevantes serviços à psicologia


"Nada mais justo do que contemplar uma pessoa que modernizou a psicologia, de uma piracicabana que faz um trabalho ímpar, dentro e fora do país". Com esta frase, o vereador Ary Pedroso Jr. (SD) sintetizou a gratidão, o apreço e a consideração da população piracicabana, por intermédio da Câmara, no requerimento de congratulações 599/2017, de sua autoria, que contemplou Mathilde Neder, pelos relevantes serviços prestados à psicologia brasileira.

A entrega da comenda aconteceu na noite desta quinta-feira (7), às 19h15, na sala da presidência da Câmara, mediante a presença de familiares e amigos da homenageada, que em agradecimento ao reconhecimento da Casa de Leis traçou um pouco do histórico de sua trajetória de vida, quando seus pais, de uma família de nove irmãos aceitaram o desafio de saírem do Líbano, com destino à América, chegando a Piracicaba para firmar raízes. "Piracicaba ocupa um lugar especial em meu coração", concluiu Mathilde, na leitura de texto previamente escrito para agradecer o reconhecimento da Câmara.

Congratulações

O vereador Ary Pedroso Jr. registrou no teor do requerimento, que Mathilde Neder nasceu em Piracicaba em 30 de novembro de 1923, sendo que a importância desta piracicabana para o avanço da psicologia no Brasil pode ser conferida em alguns dados de sua formação acadêmica e trabalhos desenvolvidos na área.

Iniciou em 1943 sua graduação em Pedagogia na Faculdade de Filosofia Ciências e Letras da PUC de Campinas, transferiu-se para a Universidade de São Paulo (USP,) onde em 1945 concluiu o bacharelado e em 1946 a licenciatura, especializou-se, pela mesma universidade, em Psicologia educacional, Sociologia educacional, Administração escolar, Pedagogia e Psicologia clínica.

Entre 1952 e 1954, começou seu trabalho como colaboradora na Clínica Ortopédica e Traumatológica (atualmente Instituto de Ortopedia e Traumatologia) do Hospital das Clínicas da USP - HC, acompanhando psicologicamente crianças submetidas a cirurgias de coluna e suas famílias. Esse evento marcou o início da Psicologia hospitalar no Brasil. Em 1957, Mathilde passou a atuar no recém-criado Instituto Nacional de Reabilitação na USP (atual Divisão de Medicina de Reabilitação). Pioneira no desenvolvimento da psicoterapia breve no Brasil, a psicóloga aprofundou, nesse período, suas atividades na Psicologia hospitalar.

Em 1967, sua atividade em reabilitação foi registrada em artigo de sua autoria, divulgado pela Organização das Nações Unidas - ONU. Em 1972, Matilde obteve doutoramento em Psicologia clínica pela USP, e, em 1974, passou a dirigir o recém-criado Serviço de Psicologia da Divisão de Reabilitação Profissional de Vergueiro, do HC. Em 1982, assumiu a coordenação das atividades psicológicas do Instituto Central do HC, montando e dirigindo a Unidade de Psicologia.

Cinco anos depois, em 1987, Mathilde assumiu a Coordenadoria das Atividades dos Psicólogos do HC. Nessa função, foi presidente, entre 1991 e 1998, do conselho diretor e editoria da revista Psicologia Hospitalar. Criada por sua própria iniciativa, trata-se de publicação inédita nesse gênero no País.

Mathilde Neder também teve atuação destacada na criação e coordenação de cursos de Psicologia em nível superior. Foi chefe do último Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras - FFCL - São Bento, que deu origem à Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de Sã Paulo - PUC-SP.

Exerceu ainda papel fundamental na criação do Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Clínica da PUC, coordenando o Núcleo de Psicossomática e Psicologia Hospitalar. Promoveu, em 1982, o primeiro Encontro Nacional de Terapia Familiar. Ainda na PUC, fundou o curso de especialização "Psicologia da Saúde: Psicologia Hospitalar".

Entre 1991 e 1997, realizou pós-doutorados em terapia familiar nos Estados Unidos, no México e na Itália.

A consolidação e o crescimento profissional do psicólogo foi possível por meio da contribuição da doutora Mathilde, que teve papel destacado na Sociedade de Psicologia de São Paulo, a partir de 1958, participando ativamente das discussões do projeto que resultaria na Lei nº 4.119, de 1962, que regulamenta a profissão. Na presidência dessa Sociedade (1969 - 1970), ela trabalhou pela criação do Sindicato dos Psicólogos de São Paulo, primeiro do gênero do País e, em 1975, assumiu a presidência da Associação Brasileira dos Psicólogos.

Durante sua gestão, a entidade passou a denominar-se Associação Brasileira de Psicologia. Fez parte das duas primeiras gestões do Conselho Federal de Psicologia. Em 1989, por sua iniciativa, foi criado o Centro de Estudos em Psicologia Hospitalar - CEPPHO -, de âmbito nacional e internacional.

 



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: HomenagemAry Pedroso Jr

Notícias relacionadas