PIRACICABA, SÁBADO, 21 DE SETEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

23 DE ABRIL DE 2019

Associação Cultural e Teatral Guarantã receberá voto de congratulações


Requerimento é de autoria do vereador José Longatto (PSDB)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Propositura foi aprovada durante a 21º reunião ordinária, desta segunda-feira (22)



De autoria do vereador José Longatto (PSDB), o voto de congratulações 315/2019 foi aprovado na 21ª reunião ordinária, desta segunda-feira (22). Por meio do requerimento, o parlamentar irá homenagear a Associação Cultural e Teatral Guarantã pela realização da 30ª edição do espetáculo teatral Paixão de Cristo de Piracicaba.

Desde1990, a cidade é palco do espetáculo teatral Paixão de Cristo de Piracicaba, realizado pela Associação Cultural e Teatral Guarantã, comemorando a 30ª edição. Este ano, o evento aconteceu de 14 a 21 de abril de 2019, no Parque do Engenho Central, sob a direção de Marcos Thadeus.

A Paixão de Cristo de Piracicaba hoje é composta por cerca de 200 integrantes piracicabanos e de cidades vizinhas, sendo crianças, jovens, cavaleiros, atores profissionais e amadores, grupos de bailarinos e terceira idade, que vivenciam os passos de Jesus Cristo, através da arte da representação, com dedicação e disponibilidade. “Um trabalho que a qualifica como uma importante promotora de aprendizado e expressão cultural’, ressaltou Longatto.

A primeira montagem do evento aconteceu de 11 a 13 de abril de 1990, no Parque da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), sob a direção de Elie Mario Deftereos – o Grego. A segunda edição de 27 a 30 de março de 1991, no parque da Rua do Porto, com direção de Isabel Ortega. Da 3ª edição, em 1992, à 15ª Edição, em 2004, o espetáculo foi dirigido por João Prata, no parque do Engenho Central, chegando a um elenco aproximado de 1400 integrantes. A partir de 1993, o espetáculo passou a ter cavaleiros montados e o texto construído coletivamente pelo então Grupo de Teatro Amador Guarantã, que passou à personalidade jurídica, a partir de 1996.

Sua 16ª edição, em 2005, teve a direção de Dagoberto Feliz; de 2006 a 2008 e 2013 e 2014, direção foi de Carlos ABC; em 2009, direção de Rosana Baptistela; de 2010 a 2012, o espetáculo foi comandado por João Scarpa; em 2015 e 2016, a direção foi de Raul Rosados e em 2017 e 2018, Viviane Palandi foi a diretora do espetáculo.

“O espetáculo é um projeto viável a partir de leis de incentivo cultural dos governos federal, estadual e municipal que possibilitam às empresas, com visões sociais, educativas e culturais, garantirem, com patrocínios, a concepção e execução das edições desse importante evento que se tornou marco consagrado em nossa Piracicaba, além da parceria com o executivo municipal, através da Secretaria Municipal de Cultural e Turismo, e apoio de todas as demais Secretarias”, reforçou o parlamentar.

Nesse ano, o evento aconteceu com incentivos da Caterpillar do Brasil e Magazine Luiza (Patrocinadores Master), Arcelormittal (Patrocínio), Ministério da Cidadania, ProAc e Governo do Estado de São Paulo (Apoios Institucionais) e Prefeitura de Piracicaba e SemacTur (Co-realizadores).



Texto:  Ana Caroline Lopes
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: LegislativoJosé Longatto

Notícias relacionadas