PIRACICABA, DOMINGO, 19 DE MAIO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

14 DE MARÇO DE 2019

Alunos aderem a proposta de Wagnão por passe livre estudantil


Proposta que começou a tramitar na Câmara dá isenção total na tarifa a alunos dos ensinos fundamental, médio, técnico e superior que utilizam transporte público local.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (6 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (7 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (8 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (9 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (10 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (11 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (12 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Wagnão esteve nesta quinta-feira no Terminal Central de Integração para apresentar a proposta do Passe Educação



Começou a tramitar na Câmara de Vereadores de Piracicaba proposta que autoriza o Poder Executivo a conceder isenção integral do pagamento da tarifa de ônibus aos estudantes dos ensinos fundamental, médio, técnico e superior que se utilizam do transporte público local. O projeto de lei 36/2019, do vereador Wagner Oliveira, o Wagnão (PHS), deu entrada na reunião ordinária de segunda-feira (11) e segue para análise das comissões internas.

A iniciativa já conta com a adesão de estudantes, como constatou o parlamentar ao ir ao Terminal Central de Integração, nesta quinta-feira (14), explicar o teor da proposta. Bastou uma conversa rápida com Ana Carolina Freire Garcia, 16, a primeira jovem abordada pelo vereador, para que os amigos que estavam próximos dela apoiassem a ideia.

Aluna do câmpus de Piracicaba do Instituto Federal de São Paulo, onde está no segundo ano do ensino médio integrado ao curso técnico em informática, Ana Carolina gasta R$ 88 mensais com os dois passes de ônibus por dia para fazer o trajeto entre o Jardim Esplanada, onde mora, e o bairro Santa Rosa, onde fica o estabelecimento de ensino.

São pelo menos 40 minutos e uma troca de ônibus no TCI para percorrer a distância de 10 quilômetros entre sua casa e o instituto. A jovem conta com o benefício do passe estudantil hoje oferecido pelo sistema de transporte coletivo de Piracicaba, em que cada viagem custa R$ 2,15 pelo cartão Vai, da Via Ágil, com recarga mínima de 20 passes por vez.

O dinheiro que mensalmente custeia a condução pesa no orçamento da família de Ana Carolina, que mora com a mãe, responsável pela renda da casa, e as duas irmãs mais novas. "É bastante difícil para a minha mãe, que é praticamente sozinha", comenta a estudante, que só poderá buscar um estágio a partir do quarto ano do curso técnico.

Além da despesa com o transporte, ela tem gastos com material de estudos e a alimentação no próprio IFSP, "já que saímos muito cedo de casa". Ana Carolina disse conhecer casos de colegas que, se não fosse o auxílio-permanência concedido pelo instituto federal, não conseguiriam dar sequência aos estudos. "Gostei muito da proposta, porque vai ajudar não só a mim, mas a muitos outros alunos, pois existe quem realmente precisa do passe."

Pelo projeto que cria o Passe Educação, passagens gratuitas serão concedidas a três grupos de estudantes: do ensino fundamental ou médio das redes públicas municipais, estaduais ou federais (caso de Ana Carolina); do ensino técnico ou superior das redes públicas estadual ou federal que tenham renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo; e do ensino técnico ou superior de estabelecimentos privados, desde que sejam bolsistas do Prouni, financiados pelo Fies, integrantes do Programa Bolsa Universidade ou abrangidos por programas governamentais de cotas sociais com renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo.

Outra condição para a obtenção do benefício é de que a distância entre o endereço do estabelecimento de ensino e o da residência do estudante não seja inferior a 3 quilômetros. Para obter o Passe Educação, o aluno deverá apresentar à empresa que opera o transporte coletivo na cidade declaração do estabelecimento de ensino em que está regularmente matriculado, comprovante de residência em Piracicaba, RG ou certidão de nascimento e comprovante de renda familiar.

A iniciativa já é realidade em cidades como Campinas e Itapevi (SP). "O projeto tem uma amplitude social e educacional que privilegia principalmente os alunos de baixa renda", destaca Wagnão, que aponta a importância do benefício para "inúmeros estudantes piracicabanos que sonham possuir uma qualificação técnica ou superior", já que "muitos não têm condições de pagar pelo transporte" e acabam, por esse motivo, abandonando os estudos.

O vereador disse que agendará reuniões com os secretários municipais de Finanças, José Admir Moraes Leite, e de Trânsito e Transportes, Jorge Akira, para tratar da questão. O parlamentar afirmou acreditar que o impacto financeiro gerado pela proposta não deve impedir sua aprovação pela Câmara diante do alcance social dela.

"Vi na conversa com os estudantes que a necessidade é extrema. Expliquei e eles abraçaram a causa, dispuseram-se a lutar junto no que for preciso", ressaltou Wagnão. "Deparei-me com vários casos em que a pessoa teve até que se ausentar da escola por não ter condições financeiras. Lembro de ter perguntado: 'Não foi estudar hoje?' e o jovem responder: 'Estava sem dinheiro do passe' ou 'sem a carteirinha'. Vi que para a educação continuar precisamos fazer alguma coisa", concluiu o parlamentar.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918 Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: EducaçãoWagner Oliveira

Notícias relacionadas