PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

22 DE SETEMBRO DE 2017

Adney Araujo faz chamamento público à Conferência da Igualdade Racial


O líder negro convida a sociedade em geral para participar da IV CONEPIR - II Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Emerson Pigosso - MTB 36.356 (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Adney Araujo faz chamamento público à Conferência da Igualdade Racial

Adney Araujo faz chamamento público à Conferência da Igualdade Racial
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Adney Araujo faz chamamento público à Conferência da Igualdade Racial

Adney Araujo faz chamamento público à Conferência da Igualdade Racial
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Presidente Matheus Erler

Presidente Matheus Erler
Foto: Emerson Pigosso - MTB 36.356 Salvar imagem em alta resolução

Adney Araujo faz chamamento público à Conferência da Igualdade Racial




O presidente do Conepir (Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Piracicaba) Adney Araujo de Abreu ocupou a  tribuna popular, na 53ª reunião ordinária de ontem (23) para divulgar a IV CONEPIR (Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial) - II Conferência Municipal de Promoção de Igualdade Racial, a ser realizada no Anfiteatro Centro Cívico, rua Antonio Correa Barbosa, 2233, neste sábado, dia 23, com início às 8h00 e término às 12 horas.

Adney Araujo destacou a importância deste evento em Piracicaba, sendo que nas etapas anteriores já foram elencadas relevantes conquistas para o município, na elaboração de propostas que foram encampadas pelo poder público, a exemplo do 156, da prefeitura, no acolhimento de denúncias contra o racismo, o que facilitou a montagem de processo sobre os diversos casos que surgem em Piracicaba.

O líder negro também comentou sobre parceria do governo do estado como o município, bem como ressaltou a importância de Piracicaba garantir em lei a obrigatoriedade do Hino da Negritude em eventos cívicos afetos à comunidade negra.

Adney também comentou sobre a produção de DVD, com vistas aos herois de todo mundo, o livro de autoria de Adilson Abreu, de publicações como o livro mostrando quem é quem na negritude, de Eduardo de Oliveira e de outras obras que também foram destinadas gratuitamente às escolas.

Adney ainda considerou a implantação do laboratório de anemia falciforme, que afeta prioritariamente a comunidade negra. E, comentou sobre uma jovem, que tomava banho em cadeira, sendo que com o laboratório, ela teve a satisfação, pela primeira vez na vida, de tomar banho em pé.

O Estatuto da Igualdade Racial também foi outro ponto abordado na fala de Adney, lembrando que a publicação não chegava aos destinatários, sendo que em Piracicaba foi confeccionado oito mil estatutos, que foram distribuidos à população. O líder negro também comentou sobre casos de intolerância religiosa, como os observados no Rio de Janeiro, com a destruição de terreiros de candomblé, sendo que Piracicaba fez a sua parte, em atendimento às pessoas que professam esta fé.

Adney também falou do curso de qualificação, reforçando a parte funcional do professor. Ainda citou o termo de ajustamento de conduta, num caso de racismo local que mostrou a falha de uma escola ao não saber lidar com esta temática. "Caminhamos em tantas coisas, como as 40 palestras nas escolas, o folder com personalidades negras, o selo alertando que racismo é crime. Se não falarmos deste assunto, ele crescerá", disse, além de reiterar que havendo o respeito, a alma sente.

Adney se reportou a eventos anteriores, promovidos pelo Conepir, em consonância com os preceitos da ONU, na igualdade de direitos. Também considerou a atual conjuntura, nos relavantes trabalhos da Seppir (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial), do governo federal. Além de mostrar que o Movimento Negro de Piracicaba está forte, com ampla atuação, requerendo o que lhe é de fato e de direito.

O presidente da Câmara, Mathes Erler (PTB) parabenizou os diretores do Conepir, como batalhadores e herois, que tomam a frente e vão à luta. "Contem com a Câmara para o que precisarem", disse.

 



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: Tribuna Popular

Notícias relacionadas